Exibição do filme “O silêncio da noite é que tem sido testemunha das minhas amarguras”: A maior parte das locações foi em São José do Egito

Exibição do filme “O silêncio da noite é que tem sido testemunha das minhas amarguras”: A maior parte das locações foi em São José do Egito

Com a produção “O silêncio da noite é que tem sido testemunha das minhas amarguras” o diretor Petrônio Lorena, levou um bom público ao auditório da Escola Naná Patriota, na noite dessa sexta (9). A maior parte das locações do filme foi em São José do Egito entre os anos de 2010 a 2016.

O roteiro conta histórias de poetas a partir da poetisa Severina Branca, que estava presente na sessão e foi a grande homenageada.

Além de São José outras cidades em Pernambuco estão contando com exibições do filme que já ganhou prêmio internacional. “O silêncio da noite é que tem sido testemunha das minhas amarguras” será lançado oficialmente em salas de cinema de todo Brasil no dia 15 de março.

O filme teve incentivo do Governo do Estado através do Funcultura e apoio da Prefeitura municipal, através da Secretaria de Cultura, para exibição na Terra dos Poetas.

 

Com informações do Blog do Erbi

documentario-brasileiro-menino-23-disputa-vaga-no-oscar

Foto: Divulgação/Site Menino23

O filme “Menino 23 – Infâncias Perdidas no Brasil”, dirigido por Belisário Franca, está na lista de inscritos para o Oscar na categoria de melhor documentário. Ele concorre com outros 144 títulos a uma das cinco vagas. O filme, ganhador de melhor roteiro e montagem no Cine Ceará e que já esteve em cartaz em São Paulo, conta a história de 50 meninos levados de um orfanato no Rio para uma fazenda no interior de São Paulo para serem submetidos a trabalhos forçados e violência física.

 

A família que escravizou as crianças no período do Estado Novo fazia parte do movimento integralista e simpatizante do nazismo. Da lista de 145 filmes, a Academia vai selecionar 15 documentários, cujos títulos serão conhecidos em dezembro. Em janeiro, após nova seleção, serão anunciados os cinco finalistas. Entre os concorrentes mais fortes de “Menino 23” está “A 13ª Emenda”, filme da diretora Ava DuVernay sobre racismo e o sistema carcerário dos Estados Unidos.

Confira o trailer da obra