Arte: Divulgação

Arte: Divulgação

Na última sexta (19) foi registrada a chapa “Renovar é a Ordem”, que propõe renovação da diretoria da Subseccional da OAB de Afogados da Ingazeira. A eleição está marcada para ocorrer dia 19 de novembro em todo o Estado de Pernambuco.

Encabeçada pelo advogado Romildo Mendes, da chapa (registrada com o número 100) constam os operadores do Direito Hérica Brito (vice), Gilberto Costa (tesoureiro), Jonas Cassiano (secretário) e Marcela Pollyana (2ª secretária).

De acordo com o candidato Romildo Mendes, “essa composição foi fruto de diversas reuniões por toda a região da Subseccional, promovendo o diálogo aberto, discutindo propostas e apresentando nomes”.

Para Hérica Nunes, “a região está bem representada porque foi formado um grupo com advogados de Carnaíba, Tabira e São José dispostos a lutar bravamente pela categoria”.

Enfático, Romildo Mendes disse: “Com o apoio da candidata a vice, Hérica Brito, e do respeitado advogado Gilberto Costa, ambos da cidade de São José do Egito, foi possível fazer uma articulação fundamental com as demais cidades, que ao conhecerem as propostas e bandeiras levantadas, aderiram ao movimento”.

No dia 19 de novembro também será eleita a Diretoria Estadual da OAB, que disputa em chapa única.

Foto: Reprodução/Nill Júnior

Foto: Reprodução/Nill Júnior

A Companhia Pernambucana de Saneamento –COMPESA – comunica a População em geral que desde o dia 17° deste mês, está com o sistema da Adutora do Pajeú parado devido a um estouramento entre a Estação Elevatória 03 e 04.

Com isso, está paralisado o abastecimento nas cidades de Afogados da Ingazeira, Carnaiba, Quixaba, Tuparetama e Distrito de Jabitacá. Também há redução da vazão de São José do Egito.  Em Tabira o sistema parou ontem, porém hoje está funcionando.

“Por tal motivo ficará com o abastecimento suspenso não tendo ainda previsão de retorno. Assim que o problema for resolvido volta a comunicar”.O comunicado é assinado por Eduardo José de Brito, Coordenador de Produção da GNR Alto Pajeú.

 

De Nill Júnior

56 municípios de Pernambuco em situação de emergência; todos do Pajeú estão na lista. Foto: Reprodução

56 municípios de Pernambuco em situação de emergência; todos do Pajeú estão na lista. Foto: Reprodução

Pernambuco teve o reconhecimento de 56 municípios em situação de emergência pelo Ministério da Integração Nacional. Ao todo, 272 cidades da Paraíba, Piauí, Bahia, Sergipe, Minas Gerais e Mato Grosso, além de Pernambuco, estão em situação crítica. Por causa deste longo período de estiagem a única saída é recorrer ao fornecimento de água a partir da Operação Carro-Pipa Federal, da Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec).

Este reconhecimento permite ainda que os municípios tenham direito a benefícios, como aquisição de cestas básicas no Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, a renegociação de dívidas no setor de agricultura junto ao Banco do Brasil e apoio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Segundo lista divulgada no Diário Oficial da União, os municípios pernambucanos em situação de emergência são (em negrito, municípios do Pajeú):

Afogados da Ingazeira, Afrânio, Araripina, Arcoverde, Belém do São Francisco, Betânia, Bodocó, Brejinho, Cabrobó, Calumbi, Carnaíba, Carnaubeira da Penha, Cedro, Custódia, Dormentes, Exu, Flores, Floresta, Granito, Ibimirim, Iguaracy, Inajá, Ingazeira, Ipubi, Itacuruba, Itapetim, Jatobá, Lagora Grande, Manari, Mirandiba, Moreilândia, Orocó, Ouricuri, Parnamirim, Petrolândia, Petrolina, Quixaba, Salgueiro, Santa Cruz, Santa Cruz da Baixa Verde, Santa Filomena, Santa Maria da Boa Vista, Santa Terezinha, São do Belmonte, São José do Egito, Serra Talhada, Serrita, Sertânia, Solidão, Tabira, Tacaratu, Terra Nova, Trindade, Triunfo, Tuparetama e Verdejante.