injecao
Estudo aponta que medicamento injetável teve eficácia alta, sinalizando avanço no desenvolvimento do contraceptivo masculino

Testes do que pode vir a ser um anticoncepcional masculino feitos com dezenas de casais registram eficácia de 96 por cento. Índice comparável à da pílula para mulheres.

 

O estudo, coordenado pela Organização Mundial da Saúde, envolve centros de pesquisas de oito países. E os resultados foram publicados em uma das revistas científicas mais tradicionais do mundo.

 

Uma injeção que combina hormônios freia a produção de espermatozoides. E quando o casal decidir que é hora de engravidar, é, sim, possível, reverter o efeito do medicamento.

 

Porém, os efeitos colaterais, por mais que já fossem esperados, preocupam os cientistas, que inclusive encerraram essa fase de testes antes do previsto.

Alguns pacientes apresentaram, por exemplo, alteração emocional, queda ou um maior desejo sexual e aumento de espinhas.

 

Ainda assim, de cada 10 participantes, oito disseram que usariam o anticoncepcional.

Testes do anticoncepcional masculino registram eficácia de 96%
Classificado como:    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *