Tarcísio, em umas das fotos históricas mais conhecidas da Pajeú: primeira voz da radiodifusão sertaneja
Tarcísio, em umas das fotos históricas mais conhecidas da Pajeú: primeira voz da radiodifusão sertaneja

Faleceu esta manhã aos 74 anos, o servidor aposentado Tarcísio Campos Sá. Ele morreu enquanto dormia em sua casa, em Afogados da Ingazeira. Sá aniversariou na última segunda.

Segundo a família, o velório será na casa de sua irmã, Dedé Sá, onde ele faleceu, na Rua Aparício Veras. O sepultamento acontece nesta segunda (05) às 8h, no Cemitério São Judas Tadeu.

Tarcísio fez parte da primeira equipe de profissionais da Rádio Pajeú. Em 4 de outubro de 1959, foi a primeira voz ao ir ao ar na pioneira do Sertão Pernambucano. Ele anunciou os colegas para conduzirem a primeira transmissão, no Cine São José. Estava nos estúdios, no Bairro São Francisco.

Tarcísio, em foto recente, registrada pelo Blog do Finfa.
Tarcísio, em foto recente, registrada pelo Blog do Finfa.

Por ocasião dos 57 anos da emissora, participou do documentário “No Coração do Povo”, contando sua história na rádio. A imagem de Tarcísio está em um mural com a primeira equipe da emissora.

A Rádio Pajeú emitiu nota lamentando seu falecimento:

“A Rádio Pajeú expressa seu luto pelo falecimento de Tarcísio Sá. Da primeira equipe de profissionais da emissora, ele foi a primeira voz a ir ao ar em 4 de outubro de 1959.

Tarcísio nunca esqueceu a passagem pela Pajeú. E nossa emissora nunca deixou de reconhecer sua contribuição e legado para a pioneira do Sertão Pernambucano.  Tarcísio, muito obrigado!”

 

Do Blog Nill Júnior

 

Morre Tarcísio Sá, primeira voz a ir ao ar na Rádio Pajeú
Classificado como:        

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *