No Tribunal de Justiça de Pernambuco

No Tribunal de Justiça de Pernambuco

No início da tarde desta sexta-feira (31) o advogado Cleonildo Lopes, conhecido como Painha Advogado, diretor-geral da Faculdade Vale do Pajeú, que será construída em São José do Egito, fez anúncio da conquista de um juizado especial no terreno da futura instituição de ensino.

Segue a nota na íntegra e as fotos do encontro com autoridades no Tribunal de Justiça de Pernambuco:

“A Faculdade Vale do Pajeú vem com toda satisfação informar ao povo Egipciense, bem como a toda população do Vale do Pajeú, que será criado no mesmo terreno da faculdade um Juizado Especial.
Esta conquista tem como seu patrono o Dr. Francisco Tenório, Desembargador do Tribunal de Justiça, que interveio junto ao Excelentíssimo Sr. Presidente do Tribunal de Justiça – Dr. Leopoldo de Arruda Rapouso, como também foi significante o apoio do Ex- Presidente da Assembleia Legislativa -José Marcos de Lima, do Deputado Rogerio Leão e o Advogado Dr. Gilberto Costa, membro da Ordem dos Advogados do Brasil e representante do Ex-Prefeito Dr. Romerio Guimarães.
Também foram convidados o Prefeito Evandro Valadares e o Presidente da Câmara Municipal – Sr. Antônio Andrade, os quais por motivo de agenda não puderam se fazer presentes.
Nesta audiência a Faculdade Vale do Pajeú, apresentou ao Presidente do Tribunal de Justiça o projeto estrutural da faculdade, bem como a necessidade de buscar os órgãos do judiciário e executivo, em prol de trazer esses poderes mais próximos ao cidadão para melhor atende-los.
Assim é com muita felicidade que a Faculdade Vale do Pajeú, através do seu Diretor Geral – Cleonildo Lopes da Silva, conhecido de todos por Painha Advogado, faz a integração dos poderes públicos com a sociedade, para que esta seja a grande vitoriosa em receber tais serviços fundamentais para Democracia.”

juizado_02

Vereadores da oposição visitam Unidade de Processamento de Carne, em São José do Egito. Foto: Divulgação

Vereadores da oposição visitam Unidade de Processamento de Carne, em São José do Egito. Foto: Divulgação

Na manhã desta sexta-feira (31) os vereadores da oposição em São José do Egito, Albérico Tiago (PR), Alberto de Zé Loló (PT), Aldo da Clipsi (PT), David Teixeira (PR) e Rona Leite (PT) visitaram a Unidade de Processamento de Carne que fica às margens da PE 275, entre a sede e o distrito Riacho do Meio. O local é gerido pela prefeitura municipal.

Os parlamentares estiveram fiscalizando as condições de trabalho dos servidores e como as carnes estão sendo acondicionadas. O que foi percebido no lugar não agradou.

De acordo com o vereador David Teixeira foram visto equipamentos já com ferrugem aparente, resíduos a céu aberto e restos de animais expostos.

A visita deve ser uma das pautas que a oposição deve levar para a sessão ordinária deste sábado (1º), no plenário da Câmara SJE. Na ocasião os parlamentares devem efetuar denúncias e pedir providências de manutenção mais rigorosa por parte do Poder Executivo.

Resíduos a céu aberto

oposição_carne_02

oposição_carne_03

oposição_carne_04

Restos de animais expostos. Na foto, uma cabeça

Restos de animais expostos. Na foto, uma cabeça

Requerimento de autoria do deputado Rogério Leão (PR) – Clique para ampliar

Requerimento de autoria do deputado Rogério Leão (PR) – Clique para ampliar

O ex-deputado José Marcos de Lima receberá três homenagens entre abril e maio próximos. Já haviam sido divulgados dois atos solenes. O primeiro em Tuparatema, que será promovido pela Câmara, dia 11 de abril, para entrega de título de cidadania através de projeto dos integrantes da oposição. O segundo, de autoria do vereador Albérico Tiago (PR), no Legislativo egipciense, onde será realizada solenidade em 28 de abril para homenagear Zé Marcos por seus 50 anos de vida pública. A terceira partiu do deputado estadual Rogério Leão (PR) através de requerimento aprovado na Assembleia Legislativa e publicado no Diário Oficial de Pernambuco nesta quarta (29). Na Alepe, dia 22 de maio, será promovida sessão solene para também fazer referência ao meio século de atividades políticas de Marcos de Lima.

José-Marcos-de-Lima-zé-marcosO deputado Rogério Leão apresentou no Requerimento nº 2962/2017, em sua justificativa, detalhes sobre a vida política de Zé Marcos e os cargos que ocupou no estado.

De acordo com as assessorias das câmaras e do deputado, diversos amigos, empresários e políticos já confirmaram presença nos eventos.

Segundo José Marcos “essas homenagens são fruto de muito trabalho reconhecido, de desprendimento de causas pessoais e foco na solução de problemas enfrentados pelo povo”.

O ex-prefeito e ex-deputado disse ainda que se sente “gratificado com as atitudes dos tuparetamenses, dos egipcienses e do deputado”. E afirmou: “Será de muita satisfação estar com meus amigos nessas três casas legislativas; duas que já passei, a de São José e a Alepe, e uma que sempre tive contato, em Tuparetama”.

Numa das fotos dá para se verificar uma das pias com vários besouros. Foto: Encaminhada pelo vereador Tadeu do Hospital

Numa das fotos dá para se verificar uma das pias com vários besouros. Foto: Encaminhada pelo vereador Tadeu do Hospital

Após nota da gestora da Emei Diva de Siqueira Vasconcelos, em São José do Egito, o vereador Tadeu do Hospital (PTB) relata que continua insatisfeito com as explicações apresentadas e disse que “os esclarecimentos não convenceram ninguém”.

Segundo o parlamentar, o seu pronunciamento na sessão ordinária da Câmara no último sábado (25) apresentou denúncias repassadas por diversos pais de alunos, inclusive com o envio de fotos. Tadeu disse que questionou a limpeza alegando indícios de má conservação tendo em vista que no educandário há inúmeros funcionários para serviços gerais, que inclusive classifica como exagero da gestão.

Ainda de acordo com o vereador, numa das fotos dá para se verificar uma das pias com vários besouros.

O vereador disse também que os garrafões de água que chegam aos educandários, para consumo humano, não tem lacre de segurança, não se sabe sua procedência e nem mesmo se é mineral ou da pia.

Para Tadeu, as falhas que possam ter sido deixadas pela gestão anterior, como a diretora alegou, não podem servir de argumento para apagar os muitos problemas surgidos já na administração atual.

José-Marcos-de-Lima-zé-marcosAprovado em agosto de 2016 na Câmara de Vereadores de São José do Egito, o Requerimento nº 010, de autoria do parlamentar Albérico Tiago (PR), será colocado em prática. O documento solicita a realização de sessão solene para homenagear o egipciense José Marcos de Lima por seus 50 anos de vida política.

Na época, por se tratar de período de intensa movimentação rumo às campanhas das eleições municipais, o Legislativo optou por aguardar uma data mais adequada.

Por autorização do atual presidente da Casa do Povo, Antônio Andrade (PSB), Albérico Tiago, atual 1º secretário, anunciou na sessão ordinária do último sábado (25), que a reunião de homenagem será realizada na noite da sexta-feira 28 de abril, na sede do Poder Legislativo.

Na solenidade, que deve reunir políticos, familiares e amigos de Zé Marcos, será entregue ao ex-prefeito e ex-deputado estadual uma placa comemorativa, que fará alusão à sua trajetória política neste meio século de atuação no segmento.

Zé Marcos será homenageado na Câmara SJE dia 28 de abril. Foto: Ascom Câmara SJE

Zé Marcos será homenageado na Câmara SJE dia 28 de abril. Foto: Ascom Câmara SJE

luto

Nota de pesar da Prefeitura de São José do Egito

 

É com enorme tristeza que o governo municipal de São José do Egito, comunica o falecimento do Diretor de Turismo da Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes, Dioclecio Mandú de Oliveira (Conhecido por Dioclecio de Binhas). Ao mesmo tempo em que se solidariza à família e amigos nesse momento de dor e sofrimento.

Que Deus o receba no reino dos céus e dê o conforto necessário aos familiares.

Comunica também que o prefeito constitucional de São José do Egito, Evandro Valadares, decreta luto oficial de 3 dias em todo município.

 

Prefeitura de São José do Egito

__________________

Nota de pesar do prefeito de São José do Egito Evandro Valadares

 

São José do Egito está de luto pela morte de um grande cidadão egipciense, que nas suas mais de 5 décadas de vida levou alegria por onde passou, mais que isso, contribuiu com o desenvolvimento de nossa cidade e região. Dioclecio Mandú de Oliveira, sua partida deixa um grande vazio em São José do Egito, mas sua força de vontade, sua garra e seu empreendedorismo já são marcas na historia de nossa cidade.

Que nosso pai criador, te receba no reino dos céus de braços abertos, como você sempre acolheu à todos.

Minha solidariedade à família nesse momento de tanta dor, que Jesus Cristo os dê o conforto necessário.

 

Evandro Perazzo Valadares

Prefeito Constitucional

pmsje_decreto_luto_dioclécio

Dioclécio estava internado no Procap, em Recife. Empresário deixa 5 filho. Foto: Reprodução/Facebook

Dioclécio estava internado no Procap, em Recife. Empresário deixa 5 filho. Foto: Reprodução/Facebook

Faleceu neste domingo no Hospital do Coração (Procap) em Recife o empresário egipciense Dioclécio Mandú de Oliveira, 52 anos. Filho de Binhas da boate e de dona Das Dores, deixou cinco filhos.

Dioclécio de Binhas, como era conhecido, era empresário do ramo do entretenimento, com promoção de festas principalmente com bandas de forró. Sua atuação se dava principalmente em Pernambuco, Paraíba e Rio Grande do Norte.

Os prefeitos de Itapetim e Brejinho, Adelmo Moura e Tânia Maria, respectivamente, lamentaram a morte do empresário e decretaram luto oficial. Já os ex-prefeito das duas cidades, Arquimedes Machado e José Wanderlei também ficaram comovidos com a perda.

O corpo de Dioclécio chega na manhã desta segunda-feira (27) em São José do Egito  e o velório será no Clube do Binhas.

Em breve, informações sobre local e hora do sepultamento.

epresentantes de diversas instituições participaram da audiência pública. Fotos: Ascom Câmara SJE

epresentantes de diversas instituições participaram da audiência pública. Fotos: Ascom Câmara SJE

Nesta sexta-feira (24) a Câmara de Vereadores de São José do Egito, por solicitação do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STR), realizou audiência pública para discutir o conflito causado pelo uso da água da barragem estadual do Retiro. Presidida pelo parlamentar Antônio Andrade (PSB), a reunião foi mediada pelo coordenador da Diaconia Afonso Cavalcanti.

Com um bom público no auditório do plenário, principalmente moradores das propriedades vizinhas ao reservatório, a audiência contou com a presença de quase todos os vereadores, dos representantes da Agência Pernambucana de Águas e Clima (Apac) Júlio César Batista – analista de recursos hídricos – e Fernando Duarte Acyoli – gerente de revitalização de bacias, do presidente do STR Luís Carlos e do secretário municipal de Agricultura Marcos Brito, que representou o Poder Executivo.

Após diversas denúncias de que a água está sendo usada em algumas propriedades para plantio – quando neste período de estiagem as autorizações são apenas para consumo humano e de animais – além das queixas que o uso de pesticidas e fertilizantes solúveis estaria contaminando o líquido, todas essas entidades debateram como coibir ações do tipo e realizar investigação para se comprovar se existe, de fato, contaminação no manancial.

Depois de muitos relatos de diversas situações, na conclusão dos trabalhos, diversos pontos ficaram acordados. A reunião aconteceu pela manhã na Câmara e o documento final foi redigido durante a tarde no STR.

Destacamos o que foi decidido e as próximas medidas que devem ser tomadas com encaminhamento direto à Apac:

  1. Adotar medida cautelar em função dos riscos associados ao uso de agrotóxicos e fertilizantes solúveis sem as devidas recomendações técnicas sobre a fauna, a flora e famílias do entorno, impedindo o estabelecimento de novos cultivos agrícolas a partir da colheita dos atuais cultivos que estejam frutificando na data da presente audiência;
  2. Impedir o uso das águas do reservatório de Retiro para cultivos agrícolas ou qualquer atividade produtiva durante o período de escassez que comprometa o uso humano e a dessedentação de animais;
  3. A APAC juntamente com a secretaria municipal de agricultura, devem determinar o volume de água armazenado no reservatório, estimativas de entrada em colapso do mesmo e a possibilidade de alocação negociada, constatada a disponibilidade hídrica para atividades produtivas;
  4. Os representantes da APAC compromete-se a encaminhar denúncias a CPRH de uso de agrotóxicos e fertilizantes solúveis, desmatamento sem autorização e movimentação de terra no entorno do manancial;
  5. A APAC compromete-se a colaborar com a constituição de conselhos de usuários para os reservatórios estaduais do município e monitorar o volume de água disponível.

cmsje_retiro_02

cmsje_retiro_03

cmsje_retiro_04

cmsje_retiro_05

cmsje_retiro_06

A Câmara de Vereadores de São José do Egito investe num grande serviço de manutenção de seu edifício. Localizado na Rua João Pessoa, no Centro Antigo, onde já funcionou o Ideal Club, o Bambuzinho e a Rádio Cultura, o prédio está recebendo pintura em toda sua estrutura, retelhamento e ajustes em suas redes elétrica e hidráulica.

Por determinação do presidente Antônio Andrade (PSB) foram também criadas as salas do chefe de Gabinete e da assessoria jurídica. São mais dois espaços que servem para atender os parlamentares e o público.

Outro detalhe importante foi a revitalização da Galeria dos Ex-Presidentes e reaproveitamento de espaços no primeiro andar para exposição de quadros das legislaturas passadas.

camara_sje_manutenção_2017_01  camara_sje_manutenção_2017_02

camara_sje_manutenção_2017_03  camara_sje_manutenção_2017_04

camara_sje_manutenção_2017_05