O Tribunal de Justiça de Pernambuco, por meio do desembargador Bartolomeu Bueno, concedeu liminar ao Governo do Estado declarando ilegal a greve decretada pela Polícia Civil. A decisão foi divulgada na noite desta quinta-feira (20).
De acordo com uma nota divulgada pelo Governo do Estado, o Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol) já foi notificado obre a decisão. O descumprimento implicará em multa diária no valor de R$ 100 mil.
Em entrevista coletiva, por volta das 19h desta quinta-feira, o secretário de Defesa Social de Pernambuco, Angelo Fernandes Gioia, anunciou que serão mobilizados policiais militares e bombeiros. Eles não realizarão o trabalho dos policiais civis, mas vão, de acordo com o secretário, garantir a segurança das delegacias e o acesso da população.
Os policiais civis decretaram greve na manhã desta quinta-feira (20). A categoria decidiu em assembleia cruzar os braços a partir da meia-noite da quinta-feira (21).
“A gente fica surpreso com a celeridade da justiça quando é para julgar contra os trabalhadores”, afirmou o presidente do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol), Áureo Cisneiros. “A greve continua”, complementou.
De acordo com o sindicalista, apenas a categoria pode decidir pelo fim da greve. Uma nova assembleia geral extraordinária está marcada para as 17h desta sexta-feira (21), na sede da entidade, em Santo Amaro, área central do Recife. “Nós não estamos convocando essa assembleia por conta da decretação da ilegalidade da greve por parte do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), mas por conta de uma nova rodada de negociação com o Governo do Estado, convocada pelo novo secretário de Defesa Social, Ângelo Gioia”, afirmou.

 

Fonte: Portal FolhaPE

jose-marcos-de-lima-ze-marcosA matéria “Câmara SJE: Eu quero ser presidente”, do Saojosedoegito.Net, tem repercutido no segmento político. Quem conversou sobre o assunto com o blog foi o ex-deputado José Marcos de Lima.

Segundo ele, passadas as eleições, “é hora de desarmar os espíritos e trabalhar pra fazer a presidência da Câmara”. Na opinião de Zé, “quem tem a maioria não tem justificativa para perder a eleição da Mesa Diretora do Legislativo”.

O ex-deputado disse ainda que “se o povo escolheu a maioria dos vereadores do grupo é porque quer que a Casa do Povo seja gerenciada por algum eleito da próxima oposição”.

Na conversa por telefone José Marcos deixa claro que a decisão será tomada pelos próprios parlamentares eleitos, sem interferências externas. Sempre enfático, afirmou que a próxima oposição (2017-2020) deve caminhar unida já pensando no próximo embate que virá nas eleições gerais em 2018 (presidente, governadores, senadores e deputados federais, estaduais e distritais).

Durante esse período que antecede a escolha da nova Mesa (1º de janeiro de 2017) os parlamentares eleitos terão muito o que conversar. Todos demonstram “querer” a presidência, mas atestam que estão disponíveis para aceitarem uma decisão tomada em conjunto; que circule em torno da escolha de um nome apoiado pelos demais.

foto-clemilson-campos-folha-de-pernambuco-policiais-civis-decidem-entrar-em-greve-20-de-outubro-de-2016Policiais civis de Pernambuco decretaram greve. Em assembleia realizada nesta quinta-feira (20), a categoria decidiu cruzar os braços a partir da meia-noite da sexta-feira (21).

Durante toda a manhã de hoje, os policiais realizaram passeata pelas ruas do Centro do Recife. Os manifestantes saíram, por volta das 10h30, da sede do Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol-PE), no bairro de Santo Amaro, e seguiram até o Palácio do Campos das Princesas, sede do Governo do Estado, no bairro de Santo Antônio.

Entre as reivindicações, a categoria cobra a implantação de um Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos (PPCV).

 

Delegados

Os delegados civis realizam uma paralisação de 24 horas nesta quinta-feira (20). A Associação de Delegados de Polícia de Pernambuco (Adeppe) informou que eles cobram melhorias nas delegacias.

Em relação ao movimento, a Secretaria de Administração (SAD) informou que os estudos do PPCV da categoria estão sendo concluídos e que o Governo pretende apresentar a proposta final nos próximos dias. Ainda segundo a SAD. uma reunião com os delegados está marcada para esta sexta-feira (21).

 

Fonte: Portal FolhaPE, com informações de Gabriel Dias, da Folha de Pernambuco